De Carona

Aproveite o Trânsito!

Transporte público: 175 nada especial

O título é referência a uma música que o Gabriel, o Pensador, lançou em 1993: 175 nada especial. No rap, o compositor vai contando vários problemas sociais do ponto de vista de um passageiro de ônibus: condição de vida de mendigos, engarrafamentos, enchentes, corrupção, violência, racismo e, claro, como é viajar usando transporte público (se você não conhece, confira a letra e o vídeo).

No início desse mês, quase 20 anos depois, a notícia abaixo não é surpresa:

74,4% dos soteropolitanos não vêem nada de positivo no transporte público.

A matéria apresenta alguns dados de uma pesquisa sobre o transporte público em Salvador, que perguntou, entre outras coisas, sobre fatores como impacto das passagens no orçamento; estado de conservação dos veículos e horários. Esses três, aliás, foram os que tiveram mais avaliações entre ruim péssimo (73,1%, 70,1% e 68,5%, respectivamente). É um impacto horrível para uma grande parcela da população: 77,1% pegamos ônibus (quase 67%, duas vezes por dia)…

É uma realidade tão comum que vira piada – e quem conhece, reconhece:

Desafiando as leis da física.

Atletismo Soteropobretano

– 100 Metros Rasos: você está chegando no ponto, vê seu ônibus partindo e percebe que terá que correr como se não houvesse amanhã, porque o próximo só passa daqui a 2 horas;
– Salto em Distância: o motorista para o ônibus a 5 metros da calçada, no meio do caminho tem uma poça de lama, e no seu pé, aquele sapato que você comprou na Di Santinni e ainda nem terminou de pagar;
– Corrida de Obstáculos: aqueles 2 segundos de desespero em que você está sentado no fundo de um ônibus lotado, descobre que o seu ponto é o próximo e que entre você e a saída existe uma senhora com uma bunda do tamanho do Hemisfério Norte.

E tem gente que acha que precisa fazer academia para emagrecer.
#SoteropobretanoFitness

(Esse trecho é um post publicado no Guia de Sobrevivência do Soteropobretano.)

Pois é, é uma m… Você pensa em pegar ônibus e fica triste. Mas aí você avalia usar o carro e lembra daquelas montagens já clássicas:

Deu pra entender ou querem que a gente desenhe? =X

Ou do tempo que vai gastar travado nos engarrafamentos. Deu duro? Tenta uma carona! x) Vamos continuar insistindo que essa é uma opção válida: mais conforto e tranquilidade, sem colocar outro carro na rua.

Vish, não rolou carona e você vai ter de encarar o ônibus? Esse links podem ser úteis:

– Bus-u: saiba quanto tempo o ônibus levará para chegar a pontos especificados por você (apenas da empresa Barramar, até o momento);

– Meu Buzu: saiba que ônibus pegar para ir de um local a outro, em Salvador (não funciona se for necessário pegar mais de um ônibus, aí é necessário dividir o trajeto manualmente), também informa horários e percursos das linhas;

– Transalvador: consulte ônibus e horários por bairro, linhas etc.

(a diferença entre as tabelas de horários e a realidade pode ser cruel. Se bem que, se você depende de ônibus para andar em Salvador, já deve saber disso.. >.< )

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: